Roteiro em Guaíba (RS): guia com 7 atrações para um passeio perto da Capital

Roteiro em Guaíba (RS): guia com 7 atrações para um passeio perto da Capital

Fazer um roteiro em Guaíba (RS) é uma excelente escolha para quem busca um passeio diferente perto da Capital gaúcha. 

Localizada a cerca de 40 minutos de carro de Porto Alegre, Guaíba encanta visitantes pela natureza e história.

As principais atrações da cidade incluem a orla do Guaíba com vista para a Capital e o Sítio Histórico que preserva a trajetória da Revolução Farroupilha. 

Mas, afinal, o que fazer em um roteiro em Guaíba? Preparamos este guia completo com 7 atrações imperdíveis, seleção de restaurantes e dicas para planejar o roteiro. Vamos nessa!

Roteiro em Guaíba: 7 atrações essenciais para conhecer

Descubra a seguir 7 opções de atividades que não devem ficar de fora do seu roteiro em Guaíba:

1. Orla do Guaíba

A principal atração da cidade é a Orla do Guaíba, conhecida pelo pôr-do-sol encantador para quem observa da margem de Porto Alegre. A ideia aqui é justamente mudar o ângulo de contemplação.

Não à toa, a orla é ponto de encontro e atrai turistas devido à vista panorâmica de Porto Alegre. 

vista da orla do rio guaíba
Orla do Rio reserva uma paisagem diferente vista da cidade de Guaíba. (Foto: Mariana Blauth)

Lá você vai encontrar uma orla tranquila com praças, árvores e até mesmo pista de skate.

Por isso, é a atração perfeita para curtir a natureza, tomar um chimarrão, fazer uma caminhada ou praticar exercícios físicos. 

monumento Eu Amo Guaíba na orla
A Orla do Guaíba oferece diferentes espaços para turistas e moradores. (Foto: Mariana Blauth)

Por causa do rio, o local oferece um vento fresquinho de verão que propicia um clima de praia, ideal para os dias quentes.

Em frente à orla, há também uma praça onde ocorrem eventos musicais na cidade. 

2. Passeio de jardineira

Depois de observar a orla, a dica é fazer um city tour em Guaíba com um passeio de jardineira. 

jardineira amarela estacionada
O roteiro em Guaíba começa pelo city tour de jardineira. (Foto: Mariana Blauth)

Ao optar pela visitação, você vai andar em um ônibus de turismo decorado com flores, plaquinhas coloridas e luzinhas. É um charme!

jardineira vista de dentro
Jardineira é decorada com galhos, flores e placas coloridas. (Foto: Mariana Blauth)

O tour dura cerca de 40 minutos, passando pela orla em direção à parte alta da cidade, onde fica o Sítio Histórico. 

Durante o passeio, é possível conhecer os pontos turísticos de Guaíba enquanto se escuta uma narração que explica a história da cidade e fazer paradas para fotos.

O passeio de jardineira custa R$ 10 reais por pessoa. Mas por causa da pandemia, só é possível fazer o tour com pré-agendamento em grupo com 50% da capacidade do veículo.

3. Casa de Gomes Jardim

Para quem gosta de história, a Casa de Gomes Jardim é uma atração imperdível em Guaíba.

Construída no fim do século 18, a casa foi sede dos encontros entre Gomes Jardins e Bento Gonçalves, líderes da Revolução Farroupilha. Também foi o lugar onde morreu Bento Gonçalves.

Hoje é considerada patrimônio histórico tombado pelo governo estadual.

sala com quadros na casa de gomes jardim
A sala da Casa de Gomes Jardim possui quadros informativos que contam a história da construção. (Foto: Mariana Blauth)

A família Leão, proprietária da casa, é quem dá as boas-vindas ao turista. 

Em nosso passeio, o casal Íris e Gaston e seu filho Bolívar nos receberam com alegria e conduziram a visita pelos cômodos explorando a história da construção e da Revolução Farroupilha.

A casa é fortificada e, em alguns pontos da parede, é possível ver recortes da construção original. 

Você também poderá ver de perto um acervo que conta com artigos relacionados à guerra, arquitetura e ao dia a dia do campo, o que permite conhecer a história da cidade por meio dos artefatos.

No quarto, móveis antigos compõem a decoração.

quarto com cama e cômoda antigas
Quarto da casa foi montado para preservar o local de morte de Bento Gonçalves. (Foto: Mariana Blauth)

Outros cômodos abrigam artefatos que fizeram parte da história da cidade, como apetrechos médicos, selas para cavalos e vestimentas antigas.

artefatos antigos gaúchos
Artefatos antigos ajudam a contar a história gaúcha. (Foto: Mariana Blauth)

A visitação na Casa Gomes Jardim ocorre sempre com apresentação de um integrante da família Leão. 

O ingresso custa R$ 10,00 e atualmente as visitas funcionam por meio de agendamento para feriados e fins de semana ou em dias de semana para grupos maiores.

4. Vitrine Cultural

Outra atração que vale a pena conhecer é a Vitrine Cultural, um espaço dedicado a conservar a identidade cultural gaúcha

O local recebe exposições e eventos da cidade, oferece oficinas de chimarrão e visitas que permitem conhecer um pouco da história do Estado. 

fachada da casa verde na vitrine cultural
Vitrine Cultural fica em uma casa com vista para o Rio Guaíba. (Foto: Mariana Blauth)

Logo na entrada, o visitante é recebido pela Chama do Milênio, que nunca se apaga.

Além disso, vale a pena conferir a vista para a Capital e observar os estádios de futebol Arena e Beira-Rio. 

A Vitrine Cultural é um espaço público que funciona todos os dias. Não há cobrança de ingresso, mas para visitar é necessário fazer agendamento devido à pandemia.

5. Cipreste 

No Sítio Histórico, também está a árvore símbolo da cidade.

É o Cipreste Farroupilha, que fica localizado na esquina em frente à Casa de Gomes Jardim, dando destaque à paisagem. 

O charme fica por conta das folhas verde escuras, que nunca caem independente da estação do ano.

vista do cipreste na esquina de uma praça
Cipreste Farroupilha é uma árvore imponente que fica em frente à Casa de Gomes Jardim. (Foto: Mariana Blauth)

Calcula-se que o plantio do cipreste foi feito na década de 1680, com a chegada dos espanhóis a Guaíba. Por isso, a árvore acompanha a história da cidade. 

Foi à sombra do cipreste, por exemplo, que os líderes da Revolução Farroupilha se reuniam para planejar a tomada de Porto Alegre em 1835.

6. Igreja

No passeio ao Sítio Histórico, vale a pena conhecer a Igreja Nossa Senhora do Livramento, padroeira do município.

A construção tem mais de 100 anos de história e fica localizada a uma quadra da Casa Gomes em Jardim, em frente a uma praça convidativa para um chimarrão.

fachada de igreja azul e bege
Igreja fica localizada no Sítio Histórico em frente a uma praça. (Foto: Mariana Blauth)

7. Mirante da escadaria

O mirante da escadaria de Guaíba é o local ideal para uma vista privilegiada do rio e de Porto Alegre.

A escadaria une as partes alta e baixa da cidade e rende bons registros durante o passeio.

vista de guaíba da parte alta
Vista do mirante permite observar a parte baixa da cidade e o Rio Guaíba. (Foto: Mariana Blauth)

Onde comer em Guaíba: 6 restaurantes para incluir no roteiro

Durante o roteiro em Guaíba,  há vários restaurantes que valem a pena conhecer. Descubra as melhores opções nos tópicos a seguir:

1. Caisinho Restaurante

O Caisinho Restaurante é o mais tradicional da cidade. O destaque vai para a vista, já que ele fica localizado na orla do Guaíba.

restaurante em frente ao rio guaíba
Caisinho Restaurante é um dos mais tradicionais da cidade e oferece vista para o rio. (Foto: Mariana Blauth)

Nos dias quentes, é possível fazer a refeição ao ar livre e refrescar o calor, já que um ventinho de verão vem do rio. 

Nós conhecemos esse restaurante no roteiro e adoramos!

De entrada, pedimos bolinho de bacalhau com pimenta feita em casa e salada. Para almoço, um bife à parmegiana acompanhado de arroz e batatas rústicas. Tudo delicioso!

bolinho de bacalhau, salada e pote de pimenta
A entrada de bacalhau, salada e pimenta feita em casa foi uma opção certeira para o almoço. (Foto: Mariana Blauth)

Atualmente, o restaurante está atendendo com mesas reduzidas e protocolos de segurança, das 11h30 às 14h e das 17h30  às 23h de segunda  a sábado e das 11h30 às 14h aos domingos.

2. Pizzaria Ricardo

Outra opção é a pizzaria e restaurante Ricardo, que fica próximo da orla.

Além de pizzas, o restaurante serve petiscos, lanches e pratos feitos, como a la minuta, carreteiro e risoto.

O restaurante fica aberto todos os dias das 11h30 às 15h e das 19h à 01h.

3. Caramele

Pratos, cafés e sorvetes fazem parte do cardápio da Caramele Gelato Gourmet.

O restaurante fica localizado no centro, perto da orla, e oferece um ambiente descontraído para uma pausa no roteiro.

É importante lembrar que o Caramele abre somente a partir das 15h30, fechando às 23h de segunda a sábado e às 21h aos domingos. 

4. Quintal Café e Flores

Às margens do rio Guaíba, o Quintal Café e Flores é o local ideal para fazer um lanche no meio da tarde. 

O café também oferece opções de lanches sem glúten e lactose para intolerantes, como tortinha de limão e mini pizza.

O atendimento ocorre nos seguintes horários:

  • Terça, quarta, sexta e domingo: 15h às 20h
  • Quinta: 10h às 20h
  • Domingo: 15h às 20h
  • Segunda: fechado.

5. Pizzaria D’Itália

Para os apaixonados por pizza, o restaurante D’Itália é a opção certa.

Lá é possível pedir pizzas de tamanhos e sabores variados, além de massas, petiscos, carnes e risotos.

6. Le Grand Café

Localizado na parte alta da cidade, o Le Grand Café oferece um cardápio com cafés e drinks exclusivos, lanches salgados, sobremesas e almoço. Para grupos, também é possível fazer um brunch no local. 

O café fica aberto das 11h às 20h de segunda a sábado.

Como visitar Guaíba (RS)

Localizada na região metropolitana de Porto Alegre (RS), Guaíba é a cidade ideal para um passeio diferente fora da Capital.

As duas cidades são divididas pelo Rio Guaíba. Por isso, há duas formas de chegar ao destino.

Uma delas é de carro via BR-116. Nesse caso, prepare-se para uma viagem de cerca de 40 minutos pela rodovia.

A outra forma é mais rápida: de catamarã. Com ele, é possível atravessar o rio em cerca de 10 minutos e fazer a ponte entre Porto Alegre e Guaíba.

Para andar de catamarã, é preciso desembolsar uma tarifa única de R$ 11,95. Em Porto Alegre, o embarque e desembarque ocorre no centro e na barra.

Como planejar o roteiro em Guaíba

Agora que você já conhece os principais atrativos da cidade, é hora de planejar o seu roteiro em Guaíba. Confira nossas dicas.

Hotéis em Guaíba

Para quem prefere passar uma noite em Guaíba, há várias opções de hotéis com bom custo-benefício. São eles:

Hotel Íbis

O hotel Íbis fica localizado na parte alta da cidade e oferece quartos com ar condicionado, Wi-Fi gratuito e estacionamento. 

A hospedagem inclui opções de quartos com uma cama de casal ou duas de solteiro.

Hotel Brasil Real

De estilo colonial, o hotel Brasil Real é uma boa opção para quem viaja em família. 

Lá é possível alugar quartos com 3 camas de solteiro que se ajustam em casal e cama auxiliar. As diárias também possuem café da manhã incluso.

Hotel Arrastão

Outra opção é o hotel Arrastão, que oferece quartos duplos, triplos e individuais, além de restaurante e estacionamento privativo grátis. O estabelecimento fica localizado na BR-116, Km 300.

Serviço de receptivo

Para quem prefere fazer um roteiro com acompanhamento especializado, a agência Duo Soluções Viagens oferece receptivo.

Nós fomos muito bem recepcionadas pela Daiane, dona da agência.

O agendamento do roteiro pode ser feito de diversas formas:

  • Pelo site Viva o RS
  • Pelo Instagram: @duoviagens
  • Por telefone ou WhatsApp: (51) 3480-2078 e (51) 99168-3423.

Com todas essas informações em mente, você já pode planejar o seu roteiro em Guaíba e curtir esse destino pertinho de Porto Alegre.

E aí, gostou das dicas? Já conhece a cidade? Compartilhe este artigo e deixe o seu comentário abaixo.

Texto: Mariana Blauth

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

Booking.com

Categorias

Nuvem de Tags

Siga Nossas Redes