Colônia de Sacramento: conheça a vinícola Del Quinton Vinedos Y Olivares

Colônia de Sacramento: conheça a vinícola Del Quinton Vinedos Y Olivares

Este texto é para você que deseja conhecer uma vinícola próxima a Colônia de Sacramento: a Del Quinton Vinedos Y Olivares, no Uruguai.

A propriedade fica em meio a lindas colinas e a cerca de 30 minutos do centro da cidade uruguaia. Visitamos a propriedade em fevereiro de 2022, em uma viagem entre amigas. No inusitado passeio descobrimos o melhor dos dois mundos: produção de vinhos e de azeite de oliva.

Del Quinton é o paraíso para os amantes do enoturismo e da olivocultura, e a gente se surpreende com a estrutura logo na chegada. Inaugurada durante a pandemia – e com produção desde 2018, a pequena vinícola é protegida por um prédio feito de pedras da região. A charmosa construção se destaca na paisagem e é um diferencial no circuito de enoturismo.   

Se você já achou interessante, continue a leitura e se surpreenda com o projeto turístico da Del Quinton. 

Enoturismo em Colônia de Sacramento

Em meio a paisagem repleta de colinas, pedras, abundante vegetação, lagos, fauna e flora, únicas da região, é possível viver experiências sensoriais apaixonantes na Del Quinton. Nós chegamos pela manhã na vinícola e ficamos um turno inteiro – confesso que só fomos embora porque tínhamos um compromisso à noite! 

Durante a visita é possível conhecer detalhadamente a prensa de óleo e a bodega onde são feitos azeites e vinhos da marca, enquanto se desfruta também a degustação de alguns produtos selecionados.

As visitas ocorrem sempre a partir das 10h e o passeio começa com os azeites de oliva e segue até a degustação de vinhos. 

Degustação dos vinhos 

A arquitetura da bodega chama a atenção. As paredes têm texturas e toda a decoração do ambiente é rústica, o que lembra muito algumas vinícolas do pampa gaúcho. Porém, apesar da beleza, o que encanta na propriedade são os vinhos. 

É dentro da bodega que ocorre a experiência sensorial por meio das degustações. 

Descemos até a adega e tivemos uma experiência completa que incluiu a degustação de 4 estilos de vinho: varietal e reserva, malbec e um corte com cabernet franc. 

Enquanto conversávamos sobre a história e a produção da Vinícola aproveitamos para degustar mais queijos e salames – o que nos comprovou mais uma vez que é preciso ter tempo para aproveitar o passeio! 

Além da degustação vale observar bem a arquitetura do local. 

A bodega da propriedade é incrível e o trabalho é extremamente cuidadoso, já que a colheita é manual. A colheita nos vinhedos, por exemplo, é realizada com tesoura. Até mesmo o famoso “pisoteado” é feito durante o processo, para amassar as uvas e elaborar o vinho.

Por falar nisso, aproveitamos a época do verão para visitarmos os vinhedos repletos de uvinhas. 

Experiência Quintón

A experiência completa da vinícola ocorre de quarta a segunda das 12h às 20h, com uma duração de 3 horas. O visitante percorre os olivais e vinhedos, faz visita guiada à bodega e à prensa. No fim do passeio pode degustar os azeites de oliva e vinhos produzidos no local.

Outra possibilidade é fazer a visita com almoço, o que nós fizemos quando estivemos na Del Quinton. A refeição é completa e inclui queijos,  frios, empanadas, parrillada (churrasco), saladas e sobremesas caseiras. Além de uma garrafa de vinho Bruna del Plata por cada três visitantes, uma água ou refresco por pessoa e café.

Degustação de azeites de olivas

A cultura de uvas e azeitonas se espalham pelo terreno na propriedade e são os grandes atrativos de lá. No total, a Del Quinton tem 120 hectares plantados de oliveiras, com as variedades arbequina, frantoio, barnea e picual.

O azeite extra virgem produzido nesses olivais é considerado o de mais alto padrão  do Uruguai, pois é produzido em uma prensa de óleo europeia, o que aumenta a qualidade do produto. 

O azeite da Vinedos y Olivares é totalmente extra virgem e conserva os atributos naturais da azeitona 

Uma prática muito legal da marca é que todo material colhido é reutilizado, os caroços, por exemplo, são usados como material de combustão e as folhas das oliveiras como matéria orgânica para o solo, o que torna todo o processo mais sustentável.

Na área do turismo, durante a visita, recebemos informações técnicas e partimos para a melhor parte: a degustação! 

Experimentamos três variedades de azeites, sendo dois blends e um azeite com azeitonas arbequina. Foi uma experiência muito agradável, já que nos explicaram como degustar. Também aproveitamos para comer pães produzidos na vizinhança, queijos e pequenas azeitonas! Abriu nosso apetite! 

Você também pode gostar de ler…

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

Booking.com

Categorias

Nuvem de Tags

Siga Nossas Redes